ÁCIDO & DOCE: A ROSA FATAL – RAPHAEL MIGUEL – RESENHA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

ÁCIDO & DOCE: A ROSA FATAL – RAPHAEL MIGUEL – RESENHA

Livro: Ácido & Doce: A Rosa Fatal
Autor: Raphael Miguel
Editora: Xeque-Matte
ISBN: 978-85-93344-02-2
Páginas: 256
Formato: 16×23
Tipo: Brochura
Ano: 2017
Classificação: +18
Comprar: https://www.editoraxequematte.com.br/product-page/%C3%A1cido-doce

SINOPSE: Sinopse: Apesar de desolado com a partida de sua amada amiga Lívia G. para tentar realizar o sonho de se tornar uma modelo internacional na França, Alejandro Vidal Braga seguiu em frente e tornou-se um rapaz ambicioso, totalmente movido pela ganância, embora dono de uma personalidade dúbia que o deixa em xeque. Mas, o retorno de assuntos do passado promete fazer com que Alejandro tenha que adotar novas posturas de atitude e comportamento ao ponto de tornar-se irreconhecível aos olhos dos próprios pais em busca de aceitação e identidade própria.
Eveline é uma jovem bonita, charmosa e atraente que guarda muitos segredos de um passado nebuloso e sombrio. Ainda que seus motivos sejam desconhecidos, a garota misteriosa parece estar determinada a terminar de destilar seu plano de vingança contra o homem que lhe fez sofrer. Eveline tem contas para acertar e ninguém poderá ficar em seu caminho.
Acompanhe a trama de ÁCIDO & DOCE sob a ótica de dois personagens e prepare o coração para se impressionar do início ao fim com um enredo inovador repleto de reviravoltas, subtramas, conspirações, encontros e desencontros. Com pitadas de suspense, erotismo, drama, mistério e intrigas, ÁCIDO & DOCE é um romance urbano diferente, sensual, eclético e frenético que promete muitas surpresas. Experimente diversas sensações que irão do ácido ao doce em cada página.

Compre seu exemplar: https://www.editoraxequematte.com.br 


Avaliação: No prólogo o autor nos mostra uma história de amor de dois adolescentes, onde parece que o pobre rapaz não será correspondido porque a amada é rica e de um padrão social maior. Coitado do pobre e tímido Alejandro.
O livro começa oito anos depois com Alejandro mostrando o tempo todo que é um homem bem sucedido na vida, tem um bom emprego, sabe muito como extorquir dinheiro de seus clientes e se gaba o tempo todo dizendo que é o ser perfeito. Cheio de problemas com o passado, com a família, o rapaz conta na primeira pessoa vários capítulos.
A chegada de Eveline, uma loira francesa na cidade de Curumim pode mudar toda a história. A loira francesa é uma mulher formada, tipo gostosona, expert em sexo, não importa muito se com homem ou mulheres, sabe seduzir e obter o que quer com seus dotes. Também ela traz consigo problemas de toda a vida, os quais talvez nunca conseguirá resolver. Ela também conta na primeira pessoa vários capítulos do livro.
Essa é um formato muito interessante de escrever, onde na primeira pessoa, um ou mais de um personagem conta a história no seu ponto de vista. O autor consegue traçar essa linha de desenvolvimento da história e o leitor consegue notar as diferenças no modo de cada um dar o seu relato. Tanto Alejandro quanto Eveline conseguem levar o enredo do livro em lugares diferentes.
O epílogo do livro esclarece muita coisa. Mas deixa a sensação que precisamos de mais informações sobre o que sucederá depois desse fim. Onde iremos?
Temos que esperar que Raphael Miguel nos diga.

Autor: Raphael Miguel é escritor na empresa Editora Xeque-Matte, escritor na empresa Chiado Editora, trabalhou na empresa Colégio e Curso Objetivo e trabalhou como Colunista / Escritor / Colaborador na empresa Revista Varal do Brasil. Participou de várias antologias e publicou também o romance “O livro do Destino” (2016).
Mora em Botucatu, onde nasceu em 1987 e é casado com Camila Sasdelli Miguel.
Faz parte da nova geração de escritores nacionais em ascensão.
https://www.facebook.com/raphael.miguel.9461
Organizador da Antologia Playlist: http://www.rouxinoleditora.com/playlist-contos-musicais

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *