admin – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Autor - admin

JAMAIS SEREI UM “CHEF”

Jamais serei um chef de cuisine, desses que misturam jaboticaba, alho, pimenta para assar uma perna de ornitorrinco. E pior, servir 200 pessoas em um pratinho decorado com mil flores e berloques e um fisgo de comida. Gosto da comida mineira, da comida italiana, gosto do prato cheio e de sabores reais. Detesto elucubrações na hora de comer. Um...

PERSONAGENS

Eu acredito no personagem Para mim, ele é tão vivo Quanto eu queira! Muitos dos meus personagens – aqueles que criei Ou que foram criação alheia – Convivem comigo no meu espaço. Tenho saudade de alguns personagens Muita, talvez, mais que uma saudade de pessoas reais. Ler ou escrever um livro É criar uma vida da qual somos...

DANÇAR

Adoraria Dançar como antigamente Sair à noite para me entregar à música Não interessava beber Não interessava namorar Não interessava sexo Interesaava dançar Noites de dança Dança a noite toda Parceiros de dança que se encontravam Para dançar A música era boa Muito boa A noite era sempre uma festa A vida era uma festa A vida era mais...

DOIDO PRA SAIR

Doido pra sair pras ruas Sem máscara Sem me preocupar com nada Sem me sentir quebrando regras Sem me sentir um bandido Sem ter medo de ser contaminado Sem ter medo de contaminar Sem ter que me esconder Sem ter que evitar contato Sem abraço Sem beijo Sem contato Sem preocupação Sem medo Sem sentir Sem sentimento Sem eu Sem mim Sem nós...

O BARCO

O barco que te leva, Chega no delta do rio por onde tu vens Navegando desde o início. Tu paras. Tens vários caminhos Para chegar no mesmo fim, Tens diversas escolhas, Mas o fim é o mesmo. Tens direito a navegar Por mais um tempo impreciso, Curto, longo, não interessa! Como não interessa agora Qual braço do rio escolher Para chegar ao...

ESTANCAMENTE

Meu corpo, Na aura vibrante do infinito, Se excita em sonhos e desejos E se comprime e se cala… Meu corpo, No silêncio constante, depois do grito, Se confunde em carícias e beijos, Se torna macio, mas não fala… Meu corpo, Talvez por tornar-se um mito, Se encontra entre sons e harpejos, Na vibração da luz e tanta apagá-la. Meu...

OS TRÊS CACHORROS

Ele estava voltando de viagem e morrendo de saudade dos três filhos. Geraldo era caminhoneiro e varava o Brasil de cabo a rabo, mas desde que a mulher morreu no último parto, ele sofria cada vez que tinha que se ausentar de casa, como na última viagem que ficou cinco dias fora. Foi a São Paulo buscar uma carga de tecido para uma fábrica de...

OS ANOS TERMINADOS EM NOVE

Pode ser coincidência, ou talvez não, mas meus anos terminados em nove, todos que vivi nessa minha vida milenar, foram ruim. Uma situação de dor por uma perda qualquer, uma falência financeira, uma doença de alguém próximo, uma depressão profunda e insuportável, uma perda, uma perda… Todos os meus anos terminados em nove foram de...

VAMPIRO CEO – O DESPERTAR DE UM CORAÇÃO ADORMECIDO – LIVRO 2 – ISABEL DE MAIO – RESENHA

Formato: eBook Kindle Tamanho do arquivo: 436 KB Número de páginas: 248 páginas Quantidade de dispositivos em que é possível ler este eBook ao mesmo tempo: Ilimitado Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda Idioma: Português ASIN: B01MATV962 Amom, um vampiro antigo que encontrou no trabalho uma forma de preencher seus dias...

PRESENÇA

Quem sabe um dia desses Olhando pra mim perceba Que eu era importante pra você? Quem sabe um dia desses Revendo fotos, objetos e sentindo minha presença Veja que eu era importante pra você? Mais você não percebe! E às vezes tenho medo da saudade Que ainda não senti… E que nem você sentiu algum dia por mim. Saudade do abraço...