Artur Laizo Escritor – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Autor - Artur Laizo Escritor

NÃO SEI MAIS AMAR

Não sei mais amar como já amei outrora, Não me dedico mais ao amor, como dantes. Não me prendo a carinhos, Afagos e beijos, paixões e desejos, Como já me permiti ter E enlouquecia se não os tivesse. Não sei mais me dedicar à ninguém Como houvera feito nos primórdios Não me preocupo mais com pedras Que por ventura no caminho...

ÍDOLOS

Nós queremos ser iguais a alguém. Queremos ter algo semelhante ao de alguém – alguns até querem ter o próprio objeto que a outra pessoa tem. Queremos nos comportar, nos vestir, falar, algumas vezes até pensar como outras pessoas. Queremos enfim, ter um corpo semelhante, ter um cabelo da mesma cor, usar um batom, ou uma cueca, ou uma...

ZERO HORA E UM MINUTO, BOM DIA!

0:30 e alguém me deu “Bom dia” no Whatasapp. Eu respondi “Boa noite” e a discussão começou. Como eu ainda não dormi, pra mim é “Boa noite” e vai ser “Boa noite” até o sol raiar e me convencer que é realmente “bom dia”. Tenho em mim esse dissabor de bons dias fora da hora sempre. Trabalho em um hospital de plantão à...

FANPAGE, PERFIL NO IG E OUTROS

Importante nas Fanpages e perfis literários: – Postagens regulares em dias certos – não adianta ser todo dia e passar um tempão sem postar nada. Os seguidores esperam pelas postagens; – Sorteios de livros ou brindes – como o que eu estou fazendo agora, isso chama a atençao. A participação do leitor nos sorteios leva a...

HORÁRIO DE VERÃO

Hoje termina o horário de verão! Para mim, isso não interfere em nada. Eu simplesmente mudo os relógios para o horário novo, vou dormir e acordo na hora certa do dia seguinte! Muitas pessoas sofrem com essa mudança que acontece no Brasil há anos. Muitas pessoas sofrem… muitas sofrem porque querem sofrer com alguma coisa. No horário de...

UNIVERSO COLORIDO

Eu estava de frente para a luz E eu corria A luz cegava meus olhos Mas eu corria Era impossível ver o caminho Só eu corria Em frente ao desconhecido Eu corria E sabia que deveria seguir Deveria entrar naquela luz Que poderia me consumir Que poderia me abafar Corromper os meus sentidos Destruir a minha alma Ou será que depois da luz Eu a...

ACETETOS – MARCELO ACETI – RESENHA

Editora: litteris Ano: 2015 Estante: Poesia Peso: 122g Idioma: Português Paginas: 80 Depois de muito estudar, testar, experimentar formas e fazeres, acho que alcancei um jeitinho agradável de compor meus versos. Meio soneto de comprimento por uma redondilha maior de largura, contabilizando sete versos de sete sílabas. Quanto à temática e à...

NÃO SOMOS NADA

O tempo passa rápido e se vai O que hoje é uma coisa boa Amanhã, onde estará? Se fizermos nosso caminho bem feito Seremos felizes? Seremos lembrados? Seremos mais do que podemos ser? O tempo passa rápido demais E todos nós temos que fazer tudo Temos que ser bons, se não os melhores Temos que fazer bem feito, se não perfeito Temos que nos...

INSÔNIA

Insônia! Parece que o mundo está dormindo e você não! Você está deitado. Precisa acordar cedo. O mundo espera você amanhã descansado, cheio de coisas para você fazer nas próximas doze horas e você não consegue dormir. Tenta! Vira para um lado da cama. Vira para o outro. Coça qualquer parte do corpo. Estica a perna que doeu, ou o...

VOCÊ CORRE RISCOS

Ao nascer Você corre risco De ser branco, De ser negro. De ser pardo, ruivo… Você corre riscos De ser rico De ser pobre De ser muito pobre Você corre riscos Ser bonito De ser feio De ser muito feio Você corre riscos De ser desse Ser daquele De não ter país Você corre riscos Ter saúde Ser doente Ser muito doente…   Você sempre...