Artur Laizo Escritor – Página: 26 – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Autor - Artur Laizo Escritor

DESENCANTO

  Não sei se me vale Apagar a luz e sonhar, Ou cobrir os olhos com as mãos E tentar buscar N’algum corpo sólido, insólito, irreal, inexistente talvez, O álibi pro meu desencanto! Não sei se me vale Ocultar o que sinto, Ocultar o que quero agora, O que me falta Pr’um descanso, pr’um consolo, pr’um...

SABER SORRIR

  Então, ele se instalara naquela cadeira pequena, pequena e desconfortável, e sorria para o nada. Nada presente em tudo e tudo tão somente nada, mas ele precisava sorrir. Não era seu aniversário, mas ele precisava sorrir. O elevador parou e, de repente, entrou um velho com uma bengala e ele sorriu, ao que o velho não sorriu a ninguém...

PERFEIÇÃO

  Aos dezesseis anos Eu acreditava Que poderia mudar o mundo Que eu tinha toda a razão Que eu era perfeito!   Aos vinte e poucos anos Eu acreditava Que poderia mudar as pessoas Que todas estavam erradas E eu era perfeito!   Aos trinta e poucos anos Eu acreditava Que o mundo e eu éramos iguais Que todos buscávamos algo. Ninguém...

OLAVO BILAC

  Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac foi um jornalista, contista, cronista e poeta brasileiro do período literário parnasiano, membro fundador da Academia Brasileira de Letras. Criou a cadeira 15 da instituição, cujo patrono é Gonçalves Dias   Há quem me julgue perdido, porque ando a ouvir estrelas. Só quem ama tem ouvido...

O TÚMULO DA MÃE

  Ele ia ao túmulo da mãe todos os dias. Ele chegava sozinho, sempre com um chapéu que cobria o topo da cabeça, mas que deixava os longos cabelos loiros soltos por baixo. Envolvia o pescoço com um cachecol xadrez bege com preto nos dias frios para não “pegar friagem na garganta”. Ele olhava o túmulo simples naquele cemitério onde...

VAMPIRO

  Ele saiu do quarto escuro e cambaleante andou pela rua também escura. Ele não conseguia ver nada a frente, mas sabia que deveria seguir em frente. A noite estava escura e a lua há muito se escondera para não ser cúmplice daquilo que iria acontecer. Ele não bebera demais, mas sabia que não estava normal. Havia alguma coisa na sua...