CONTOS – Página: 3 – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Categoria -CONTOS

CONVERSA NO RESTAURANTE

O PACTO – TERCEIRO CAPÍTULO Cinco anos se passaram desde a morte do seu pai. Estêvão morava no imenso casarão do pai e com o dinheiro da venda da sua casa, investiu em um restaurante de comida chinesa e se tornou milionário. O perfil do empresário agora era de um homem muito rico e com muitas possibilidades de se tornar ainda mais...

CRIME OU ACIDENTE?

O PACTO – PARTE 2 O senhor Jair se levantou da cama no escuro, ainda não eram cinco horas da manhã e não fez nenhum barulho. Descalço, saiu do quarto, pé ante pé para não acordar a esposa, setenta e dois anos, apenas três mais nova que ele, mas ela andava debilitada e ele não queria incomodá-la. Andou pela casa no escuro e foi até...

O ESTRANHO NO CEMITÉRIO

O PACTO – PARTE I Ele estava muito triste! Não sabia o que fazer da vida. Estevão era casado, pai de três filhos pequenos e descobriu que estava falido. O filho do meio estava com quatro anos e há seis meses estava doente. Passou esse tempo último internado em vários hospitais e pouco tempo em casa. Estêvão estava devendo muito...

MARIA ALICE E JOÃO CARLOS

Maria Alice saiu de casa às vinte horas em ponto. Queria estar no centro da cidade antes que os amigos chegassem ao lugar onde combinaram de se encontrar. Vestida de preto da cabeça aos pés, a ruiva deixou os cabelos longos e lisos soltos nas costas. Portadora de grandes olhos azuis de uma sagacidade imensa, ela estava radiante naquela...

ENCONTRO NO INFERNO – CAPÍTULO 3

Um mês mais tarde – claro que o tempo no inferno é diferente do tempo na terra, pra mais ou pra menos -, o demônio não estava satisfeito com sua empreitada. Tirara da terra dois seres soberbos, mas o fato de terem morrido, fez com que a obra de ambos disputasse o primeiro lugar em vários países. Isso não era bom. Resolveu então, o chefe...

ENCONTRO NO INFERNO – CAPÍTULO 2

Augustus se levantou do chão onde permaneceu deitado por um tempo e observou em volta. Não estava mais na lanchonete. O lugar escuro, avermelhado como se houvesse fogo depois da curva à frente, estava imundo e havia um cheiro que ele não conseguia definir o que era, mas se lembrou de ter sentido o mesmo odor na lanchonete antes da confusão...

ENCONTRO NO INFERNO – 1º CAPÍTULO

Ele resolveu, depois de muitas insistências, encontrar o colega escritor Gilberto Lara. Ele odiava pensar que na última avaliação o “outro” como ele dizia, vendeu um livro a mais que ele. Estavam os dois nos primeiros lugares de venda no país e eram os maiores escritores brasileiros vendidos no exterior. Em alguns países...

OS TRÊS CACHORROS

Ele estava voltando de viagem e morrendo de saudade dos três filhos. Geraldo era caminhoneiro e varava o Brasil de cabo a rabo, mas desde que a mulher morreu no último parto, ele sofria cada vez que tinha que se ausentar de casa, como na última viagem que ficou cinco dias fora. Foi a São Paulo buscar uma carga de tecido para uma fábrica de...

JUVENAL ENCONTRA A MORTE

Juvenal sempre que entrava na garagem do seu prédio achava que estava muito escuro, mesmo que fosse dia e o sol do lado de fora brilhasse com todo seu esplendor. Seu carro ficava em uma das últimas vagas e ele tinha que andar muito entre diversos carros estacionados. Ele já conversara com o porteiro para ver a solução para aquela escuridão...

KLAUSS – O SUPER HUMANO

Muita poeira, muito pó de várias espécies, muita pedra, muitos escombros, muita dor, muita destruição. O cenário era de ruínas e nada estava no seu lugar. Casas, prédios e qualquer tipo de construção estavam destruídos pelo imenso abalo do último terremoto que acontecera em Kaunani, aquele pequeno país do Pacífico Sul. Na noite que...