CRÔNICAS – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Categoria -CRÔNICAS

RETROSPECTIVA 2019 – ARTUR LAIZO

JANEIRO 16 – Debate literário “PROCESSO CRIATIVO” com João Peçanha e Aldenor Pimentel no MAMM; 22 – Projeto “CTI LITERÁRIO” com Michele Valle no CTI Cirúrgico da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora; 31 a 14 de fevereiro – “ARTE NO BUTECO” – exposição coletiva de arte onde expus 2 quadros acrílico sobre...

FELIZ NATAL

O que eu posso falar do Natal? Natal é uma festa familiar. É representação do nascimento de Jesus Cristo e para nós, a reunião da família. Normalmente, familiares viajam longas distâncias e gastam muito tempo para estarem juntos. O Natal tem cara de avó. Avô é outro papo. É natural à matriarca o cuidado com a preparação das comidas...

33 ANOS DE FORMADO

33 anos de formado! O tempo passa rápido e de repente, temos uma vida inteira dedicada a uma profissão que antes de tudo é realmente um sacerdócio. Ser médico é um trabalho incessante e ininterrupto que só se dá bem quem ama o que faz. Não digo “quem se dá bem” como o fato de ficar rico. Hoje, nesse país, ninguém fica rico...

JÁ PASSOU

“Já passou, já passou Se você quer saber, Eu já sarei, já curou Me pegou de mal jeito Mas não foi nada, estancou…”1 Assim como na música do Chico Buarque, as coisas passam. O mal que tanto mal nos faz, passa. O sofrimento, a dor intensa, passam. O desespero, o desengano, a perda passam. Um dia, passam. Um dia passa...

ARROZ COM FEIJÃO E CAFÉ COM PÃO

_ “Majestade, o povo não tem pão! _ Ora, pois que comam brioches!” Esse diálogo atribuído à rainha Maria Antonieta (1755-93) mostrou, para zombaria mundial e até à atualidade, o quanto a rainha da França desconhecia os problemas do povo francês. Se pensarmos na época, no entanto, os franceses comiam brioches com regularidade...

PESSOAS “PINOCHIAS”

Tem muita gente que é “pinnochia”. Sim, eu uso o nome do boneco de madeira do Gepetto, o Pinóquio, para me referir a pessoas mentirosas. Acho que é um dos piores defeitos do ser humano a mentira. Há pessoas que vivem de mentiras e há aquelas que criam uma mentira e acreditam na sua mentira e passam a viver dela. Não há nada...

ACETETO

Eu já falei de soneto. Expliquei que é uma forma literária da poesia onde temos quatorze versos. Todos devem sem ser rimados, metrificados e o mais perfeito é o “Alexandrino Clássico” onde cada verso tem doze sílabas métricas com uma sílaba tônica – a cesura – na sexta sílaba. As rimas devem ser rimas ricas...

ARTE

“Não se pode criticar a arte! Arte é tudo aquilo que o ser humano faz!” Não sei! Não sou a favor de achar uma coisa mal-feita, uma coisa de mal gosto ou que agrida à população no geral como arte. A “Semana de 1922” que abriu as portas para a Arte Moderna, permitiu que tudo fosse considerado como arte. O ser humano se...

REGRAS

Acredito que no mundo, tenhamos que sempre seguir regras. Sempre agradar alguém. Sempre. Sempre! SEMPRE! E o que interessa realmente na vida? Não no mundo, na vida. Há um milhão de regras da família, da sociedade, dos amigos, de tudo enfim. Regras para se vestir, para comer, para andar na rua, para ficar em casa sozinho … nunca! É sabido...

A MULHER PEDINDO ESMOLAS

Eu vi, em um semáforo, uma senhora, possivelmente com mais de sessenta e cinco anos, negra, de roupas bem humildes, mas limpas, pedindo esmolas. O rosto de expressão branda, apesar de sofrida, não sorria, não chorava, talvez ela nem soubesse falar direito. Ela pedia esmolas esticando a mão para os motoristas que, na maioria das vezes não...