POESIAS – Página: 7 – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Categoria -POESIAS

PENSAMENTOS

No alto da colina, Um vulto azul se descortina: – É o céu que desaparece Nas sombras de uma noite próxima. O sol morreu há muito de cima Dos mais altos morros, escurece…   Eu encontro no mar Um sonho perdido a voar Por entre peixes multicores… A lua reflete-se nas águas, Meu rosto talvez, transpire mágoas De dias...

ETERNO SOLITÁRIO

Sou o eterno solitário Que vaga nas ruas desertas Procurando paz.   Sou o eterno solitário E procuro matar minha sede, minha fome, minha ânsia De encontrar a liberdade, a justiça verdadeira…   A voz cala-me no peito, As lágrimas secam-se em seu ventre. não posso falar, não devo chorar… Serei eu o único solitário?

INDEFINIDAMENTE

  Quando você Penetrar na luz que me escapa dos olhos, Na fumaça branca do meu quarto   E se abrir Na mais singela canção de paz, Com os sonhos do seu dia, Na noite que se inicia   Verá então, que Não há mais pedras a pisar E você naufragará no oceano azul Indefinidamente…

A VIDA PASSA

O sol se esconde de trás das montanhas, A tarde que cai é triste, até medonha…   O vento da noite agitando meus cabelos, Me trás desejos que não posso tê-los.   Me faz cantigas de ninar, de sonhar, Me lembra o som doce do mar…   Na terra que racha aos meus pés, Na sombra que me faz ter fé   No dia seguinte...

IGUAL

  Igual? Não sei! O mundo passa, O sonho agita, O futuro é sombrio, Mas há esperança ainda…   Os dias são os mesmos E as pessoas são as mesmas E os atos são os mesmos, Tudo enfim! E nós deslizando no turbilhão do tempo…   O mundo é o mesmo O sonho passa O futuro agita A esperança… Tudo tão...

PERVERTENDO

Gostaria de viver outra vez assim: – O meu violão, a minha Yoga, As minhas noites vagas, porém calmas, O meu chá, os meus pincéis e tintas, Uma constante busca do meu pequeno, Insignificante talvez, Mas real desejo do desconhecido mundo.   Gostaria de viver outra vez assim; – Sem saudades dos meus amigos, minhas...

JARDIM BOTÂNICO (RJ)

  Verde, verde Verde, amarelo Verde, azul Verde, branco Olha o mico na árvore Verde, prata Verde, marron Verde, patos Verde, verde Olha a vitória-regia Verde, verde Verde, branco Verde, palmeiras Verde, vermelho Olha o orquidário Verde, roxo Verde, vermelho Verde, bromélias Verde de todas as cores Olha o Cristo redentor Verde...

A HORA DE PARTIR

  Eu gostava de Carnaval, Passou o tempo, não gosto mais Gostava de festas Passou o tempo, não gosto mais Gostava de bares, algazarras Passou o tempo, não gosto mais   Eu gostava de emoções Passou o tempo, não tenho mais Gostava de me apaixonar Passou o tempo, não acontece mais Gostava de amar intensamente Passou o tempo, não amo...

SONHADOR

Chamaste-me um dia: – Sonhador! E eu, eu sonhava com castelos no ar, Com um puro e belo jasmim Que mostrava-me sempre o seu perfume…   Chamaste-me um dia: – Sonhador! E na mente eu esperava encontrar Um perfeito par, um doce amor, Um lindo dia, um beijo ardente…   E no meio destes meus sonhos, Havia luz, paz...

NADA POR FAZER

  De repente, quando não tenho nada por fazer E me entra pelos poros uma ansiedade qualquer, Eu ando pela casa, eu como, eu urino, eu bebo água, leite, chá, Ligo a televisão, boto um disco a rodar, ouço rádio, dedilho o violão E não me prendo a nada que faço, Talvez por divergência Entre a vontade e o fato, Entre o desejo e a...