COMO É QUE VOCÊ RESPIRA? – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

COMO É QUE VOCÊ RESPIRA?

O ato de respirar é de fundamental importância na vida do ser humano. Somos seres aeróbicos e necessitamos de oxigênio para nossas reações químicas e fisiológicas durante todo tempo.
Nosso corpo depende de oxigênio e alguns órgãos dependem dele com maior ou menor intensidade de acordo com o armazenamento desse gás. A musculatura estriada tem uma reserva grande de oxigênio. Nosso cérebro, ao contrário, não tem reserva de oxigênio e por isso mesmo, no caso de uma parada cardíaca, não podemos passar mais de quatro minutos sem realizar a ressuscitação cardiorrespiratória, ou teremos lesões neurológicas irreversíveis.
O ato de respirar, no entanto, apesar de realizarmos sem perceber, é um conjunto de ações e reações desde o momento da entrada do ar ambiente pelo nariz até a sua expiração.
Vivemos imersos em um meio gasoso com somente 21% de Oxigênio. O volume que inspiramos serve pra levar aos nossos alvéolos essa concentração de O2. Nos alvéolos, através da barreira alveolocapilar, esse O2 passa para a corrente circulatória e se liga a hemoglobina, proteína sanguínea responsável por levar esse oxigênio até às células de nossos tecidos. Dentro das células, o O2 entra na mitocôndria e através de reações químicas do Ciclo de Krebs – reações de produção de energia – produz, juntamente com a glicose e outros elementos, a energia que precisamos. Essa usina de energia produz lixo: – o gás carbônico (CO2), que volta à circulação sanguínea, avisa ao Centro respiratório que está presente e em concentração elevada no sangue e ocorre então o estímulo do músculo diafragma que ao se contrair faz com que o ar entre nos pulmões.
A respiração é uma ação involuntária que pode ser voluntária até certo ponto. Isso quer dizer que podemos respirar com ritmo e tempos diferentes para poder falar inclusive, ou cantar, mas não podemos simplesmente parar de respirar numa tentativa de autoextermínio. O importante no ato de respirar vai muito mais além que simplesmente encher os pulmões e soltar esse ar. Precisamos realizar uma boa ventilação alveolar e uma boa perfusão de tecidos.
Há pessoas que tem dificuldade de respirar por doenças respiratórias e até mesmo por doenças posturais, neurológicas entre outras e há pessoas que não sabem respirar.
Durante o exercício físico, uma respiração eficaz é fundamental para oxigenação e perfusão dos tecidos musculares trabalhados e do próprio miocárdio. Há necessidade de se respirar de acordo com o movimento do exercício, seja resistido ou aeróbico ou alongamento, enfim, há necessidade de ventilação tecidual durante todo nosso trabalho.
Há pessoas que se cansam fácil, talvez por falta de condicionamento muscular e/ou respiratório. Há aquelas que tem problemas cardiorrespiratórios como por exemplo asma, Doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão, insuficiência cardíaca, tabagismo e fatores concomitantes para essa falta de ar como por exemplo, obesidade, sedentarismo, uso de drogas e álcool e tabagismo. Consideramos aqui o tabagismo como doença e como fator agravante de várias outras doenças.
O tabagismo é uma doença de grande morbidade e mortalidade da atualidade. O tabagismo causa lesões importantes não só pulmonares, mas também sistêmicas. Lesões vasculares, lesões musculares, endocrinológicas, entre outras são produzidas pelo tabagismo. A diminuição da produção de testosterona em fumantes é notável e associada ao processo inflamatório, aumenta a hipotrofia muscular esquelética.
A pergunta mais importante: Como é que você respira?
Cansa-se fácil? Respira sem perceber que está respirando? Faz algum esforço para respirar?
A Escala de Dispneia é uma forma de se avaliar a respiração e o nível de cansaço (dispneia). É uma escala fácil de se realizar através de perguntas simples.
ESCALA DE DISPNEIA

A respiração deve ser natural e deve-se sempre se preocupar com os fatores que podem ou não melhorar ou piorar esse ato natural e importante.
Observe como você respira. Se estiver em exercício físico, peça ajuda ao professor na sala para correta respiração. Se não faz atividade física… Meu Deus!!! Como não??? Mas se não faz exercício físico, procure observar como é sua respiração e se observar alguma dificuldade, procure um médico para orientação.
Respiração é vida!
Tabagismo é morte! Pare de fumar!

 

Foto: https://fortissima.com.br/saude/tabagismo-saude/

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *