EDGAR ALLAN POE – FRASES – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

EDGAR ALLAN POE – FRASES

Homenagem do autor a EDGAR ALLAN POE pelo aniversário de nascimento: 19/01/1809.

 

Tudo o que vemos ou parecemos / não passa de um sonho dentro de um sonho.

Quem sonha de dia tem consciência de muitas coisas que escapam a quem sonha só de noite.

É de se apostar que toda idéia pública, toda convenção aceita seja uma tolice, pois se tornou conveniente à maioria.

A vida real do ser humano consiste em ser feliz, principalmente por estar sempre na esperança de sê-lo muito em breve.

Quando um louco parece completamente lúcido é o momento de colocar-lhe a camisa de força.

Um uivo, um grito, metade de horror, metade de triunfo, como somente poderia ter saído do inferno, da garganta dos condenados, em sua agonia, e dos demônios exultantes com sua condenação,

Os demônios devem dormir, ou eles nos devorarão; devem ser mergulhados no sono, ou nós pereceremos!

 

Fonte: https://www.pensador.com/autor/edgar_allan_poe/

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *