ENSIMESMANDO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

ENSIMESMANDO

Não há nada que eu mais goste
Que encerrar a semana
Cheia de trabalho,
Preocupações,
Correria,
Atropelos,
Que sentar no chão da minha sala
Ver um programa de música qualquer na TV
E tomar meu vinho…
Uma garrafa, duas…
O gosto seco do tinto
A imagem de sangue no copo
A mente fluindo relaxada
A noite avançando em tropel
Algumas vezes escrevo
Algumas fico feliz
Outras deixo aflorar a tristeza
De pensar na vida
De não achar soluções
De querer estar em outro lugar…
É tão bom tomar um vinho
Na sexta-feira à noite
Para fechar a semana
Para celebrar
Para encerrar a labuta
Do trabalho
Da vida
Do dia a dia.
Como é bom
Um vinho na sexta
No chão da sala
Ensimesmando!

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

2 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *