FELIZ NATAL! – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

FELIZ NATAL!

O Natal se aproxima. O ano está por terminar. E o que fizemos nesse ano que se passou?
Eu fiz muita coisa.
Foi bom? Não sei! Esse cerceamento de liberdade, esse distanciamento físico, essa falta de abraço, de contato, não sei, isso tudo nos deixou muito mais sensíveis, chorando atoa.
Atoa? Será que esse monstro microscópico que assola o mundo e contamina e mata e separa e afasta e nos deixa sozinhos não é um motivo e tanto para que choremos. Isso não é chorar atoa.
O número de mortos, o que vimos acontecer na Itália, na Venezuela, no Brasil em todos os estados – o que estamos a rever em todos os lugares. Meu Deus! Não saímos de uma onda e já estamos no ápice de uma nova desgraça. Os índices de contaminação e morte estão assustadores e estamos novamente com medo. Infelizmente milhares de brasileiros não entendem, ou se sentem superpoderosos e não se previnem. Há aglomerações, há festas, há compras de Natal…
Esse ponto acho importante: compras de Natal. Todo mundo tem mais é que comprar presentes, fazer festas , aglomerar, trocar seus vírus, despedir-se de parentes e amigos: deve ser o último Natal de quem não se previne.
O Natal está chegando. O Ano Novo também. Que 2021 seja muito melhor que esse ano que termina.
Feliz Natal. Feliz Ano Novo!

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

4 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *