HOUVE UM TEMPO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

HOUVE UM TEMPO

 

Houve um tempo em nossas vidas

Em que o sol brilhava mais forte,

Não havia nuvens a espreitar cada ato,

Não havia trevas, não havia dor…

 

Houve um tempo em nossas vidas

Que o amor falava mais forte

E tudo era perfeito e maravilhoso,

Havia o encontro de nossas almas

De nossos corpos, de nossas bocas…

 

Houve um tempo em nossas vidas

Onde não existia nada mais que nós,

Não existia música que não a nossa,

Som que não nossos suspiros e juras secretas,

Necessidade que não um do outro…

 

Houve um tempo em nossas vidas

Que passou como tudo passa,

Que acabou porque acabou o desejo (?),

Que hoje na memória ainda machuca

Lembrar que estamos separados,

– eu ainda te amo –

Houve um tempo em nossas vidas…

Houve vida naquele tempo…

 

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

10 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *