INDEFINIDAMENTE – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

INDEFINIDAMENTE

 

Quando você

Penetrar na luz que me escapa dos olhos,

Na fumaça branca do meu quarto

 

E se abrir

Na mais singela canção de paz,

Com os sonhos do seu dia,

Na noite que se inicia

 

Verá então, que

Não há mais pedras a pisar

E você naufragará no oceano azul

Indefinidamente…

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *