INDIFERENÇA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

INDIFERENÇA

Se você estivesse aqui agora,

A chuva não importaria mais,

Pois chegaria ao meu dia o sol.

O frio da solidão não causaria dor,

Porque o mundo voltaria a sorrir.

A noite não seria tão escura

Já que mil estrelas brilhariam.

O vento não cortaria minha pele

Porque eu estaria envolvido em seus braços.

O mundo não estaria mais desabando

Porque no seu corpo eu teria segurança.

Tudo não seria tão difícil

Porque você é a solução para todos os meus males.

E talvez, maior mal que eu tenha,

Seja a sua ausência, a sua indiferença.

Se você estivesse aqui…

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *