MEXIDO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

MEXIDO

E aí eu me sentei na enorme mesa dos meus sonhos,

Com todos os milhões de talheres e louças

E o meu mordomo preferido

Me serviu com todas as mesuras

O mais perfeito dos pratos:

– O mexido da dona Santa!

 

 

– Como eu gosto do mexido da minha mãe!

 

FOTO: http://www.rotascapixabas.com/2012/11/18/mexido-restaurante-mexendo-com-os-sabores-da-minha-infancia/

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *