NOME DE RUA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

NOME DE RUA

Até quando quero viver?
Enquanto eu tiver mente e corpo,
Lucidez e força,
Desejo e tesão,
Vontade e liberdade,
Querer e fazer.
Eu quero viver
Enquanto houver vida,
Enquanto houver razão,
Enquanto eu puder
Cuidar de mim mesmo,
Distribuir e receber amor
Conscientemente!
Eu quero viver
Enquanto não doerem
Todas as juntas,
Todos os músculos.
Quero viver bem,
Quero viver com qualidade,
Decisão, força, mente.
Não quero persistir
Paliativamente
Com mil problemas do corpo
E da alma,
Da matéria
E do espírito.
No dia que me faltar lucidez
E o prazer de viver
Se tornar um pesadelo,
Quero deixar de viver na terra
E virar nome de rua!

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *