O QUE MUDARIA? – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

O QUE MUDARIA?

Eu não sei o que gostaria de ter feito
Na minha vida passada. O que mudaria?
O que faria? O que diferente seria?
O que seria rio, mar, crime perfeito?

Eu imagino que nesse mundo imperfeito,
O que tivesse mudado, o que mudaria,
O futuro, meu atual momento, estaria
Tão diferente, tão tranquilo, tão refeito.

Conhecendo-me como sempre conheci,
Sei que mesmo renascendo, eu faria tudo
Tudo outra vez e eu tenho o que mereci.

E mesmo refazendo toda a vida agora,
Não adianta gritar, não posso ficar mudo,
Pararei o tempo, mudarei tudo lá fora.

            

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

4 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *