O QUE SOBROU DE MIM – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

O QUE SOBROU DE MIM

Percebi que você não me quer mais

Desculpas, compromissos desmarcados

Eu percebi que tudo ficou pra trás

E não somos mais nada, nem amados…

 

Percebi que você não me deseja

E dos seus sonhos não faço mais parte.

Por mais que eu insista e você me beija

Seu corpo não me vê, nada mais arde…

 

Seu desejo e a vontade de me amar

Hoje eu sei, nunca, nunca existiram…

Nossos caminhos juntos se perderam…

 

Nossos castelos nunca se ergueram…

Nossos frutos do amor não resistiram…

E o que sobrou de mim se perdeu no ar…

Sobre o autor Ver todas as postagens

admin

2 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *