O RETORNO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

O RETORNO

Voltando a pé, após correr com o Bolivar (meu amigo) de Lafaiete a Congonhas- 25Km.

O sol estava quente, a pino,
E o sentíamos bem mais escaldante…
Os olhos ardendo no suor,
Os cabelos revoltos no ar…

Andávamos pela estrada
Despedaçados de cansaço, calor,
Fatigados da ex-corrida estendida,
Atual caminhada de retorno…

E eis ali, de repente, parada,
Um braço de ferro, uma alavanca
E a bica que nos encharcou de vida.

Deu-nos um pouco mais de forças
Pra continuarmos caminhando
Cansados, felizes com nossa realização.

Sobre o autor Ver todas as postagens

admin

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *