Pão de Canela e Prosa – Página: 2 – Onde as palavras têm sabor
Pão de Canela e Prosa

CORRER DEVAGAR

O homem de terno correu e atravessou a rua mesmo com o sinal estando aberto para pedestres. Ninguém observou nada de anormal, mas do outro lado da rua o homem do terno foi abalroado por um homem sem terno, mais novo, mais magro, que indagou: _ Por que o senhor correu se o sinal estava fechado? _ Porque eu estou com pressa – respondeu o homem...

DÚVIDA?

Enquanto existia a dúvida Era mais fácil viver Enquanto existia a dúvida Eu sempre pensava Que um dia iria dar certo Que a gente iria se ver, Que tudo iria se resolver, Que o mundo era lindo…   Enquanto existia a dúvida Era mais fácil acreditar Que eu estava errado Que eu era o culpado Por não acontecer Por nada acontecer Por...

VAMPIRO

Eu não quero mais bocas devassas, Não quero mais corpos desconhecidos, Não quero mais calor estranho, Não quero mais sair às ruas, à noite, À caça, procurando mais uma vítima…   Não quero mais, andar por aí Sem querer aceitar, Aceitando o que não quero… Talvez a fome, a necessidade de me alimentar… Talvez a...

A SÓS

Queria ter uma rua deserta Para caminhar devagarinho… Queria ter uma porta entreaberta Para entrar e procurar carinho…   A vontade de penetrar na noite Faz-me cair da estrela E o vento forte como um açoite, Manda que eu procure vê-la…   Não é possível que um sonho vá passar E cair bem no centro do meu peito, Não...

QUEM PROCURA SEMPRE ACHA

Todo dia quando ele entrava naquela rua tinha um frio na espinha e pensava que algo de ruim iria acontecer com ele. Era uma rua curta, mas a iluminação era precária e ele tinha que passar por ali para chegar em casa. Saia do trabalho às vinte e uma horas e quando passava naquele trecho específico imaginava-se sendo vigiado por alguma força...

AMIZADE SINCERA

Belo como a natureza, imenso como o infinito, simples como a vida, fugás como a chama de uma vela, O amor é prisão aberta!   Grande como o pensamento Que se esvai na noite de silêncio Foi nossa “amizade sincera”! Tão sincera que se acabou, que se perdeu E que trazemos, talvez somente eu, Risos do passado, lágrimas d’outros...

ROMA

Roma é a capital da Itália. Situa-se na região do Lazio com 2,7 milhões de habitantes em 1285,3 km² de área, também é a maior cidade italiana e a quarta cidade mais populosa da União Europeia. A cidade está localizada na porção centro-ocidental da península itálica, cortada pelo rio Tibre. Roma é a única cidade no mundo que tem em...