Pão de Canela e Prosa – Página: 2 – Onde as palavras têm sabor
Pão de Canela e Prosa

TIPOS DE CONTO – LITERATURA

O QUE É UM CONTO? Conto é uma narrativa de ficção, ou não, que cria um cenário de seres, de fantasia ou acontecimentos. Ele apresenta um narrador, personagens, ponto de vista e enredo. O conto possui uma narrativa curta, menor do que o romance e possui apenas um clímax. As características principais de um conto são: a) História em prosa...

CADA UM AMA DE UM JEITO

Cada um ama de um jeito E até sem jeito Ama-se de forma plena Incondicionalmente Imprudentemente Intensamente Superficialmente Mas o amor está sempre presente Em toda forma de amar Em toda forma de odiar No olhar furtivo No olhar desejoso No tesão contido No desejo mais oculto Sublimado Escamoteado Guardado a sete chaves Mas o.amor está dentro...

OLHEI PRA TRÁS

Ainda olhei para trás Quando parti, Para certificar-me de que tu Não te arrependestes.   Com esperança no coração Após alguns passos, Voltei-me e tu nem mesmo Observavas meu distanciar…   Querias que eu me fosse, Querias que eu te deixasse, Mas no fundo eu ansiava Por ouvir meu nome nos teus lábios…   Tu fechastes...

BOM DIA

Eu saí de casa naquele dia frio e cinza E dei bom dia Ao porteiro sorridente, E dei bom dia Ao vendedor de balas sempre presente, Dei bom dia Ao professor de musculação apressado, Dei bom dia Ao motorista do carro, sempre estressado, Dei bom dia À secretaria que está sempre elegante, Dei bom dia Ao varredor de rua Dei bom dia Ao guarda de...

LITERATURA – CONTO

O QUE É UM CONTO? O conto é um texto narrativo, referente a determinado acontecimento ou relato, podendo ser real, esportivo, ou uma obra de ficção, um texto ficcional. Cria um universo de seres e acontecimentos de ficção, de fantasia ou imaginação, ou relata uma situação sob o ponto de vista do autor. Como todos os textos de ficção, o...

MEU JEITO SOLO DE SER

Talvez a essência Da minha matéria Sobrexista a tempestade E não me atinjam raios Não me derrubem furacões Talvez eu passe, Talvez resista.   Vou resistir a tudo Vou sobreviver a todos Vou conseguir guardar Pra mim, só pra mim, Minhas incongruências todas, Minha inconseqüência, Meu jeito solo de ser.