Pão de Canela e Prosa – Página: 22 – Onde as palavras têm sabor
Pão de Canela e Prosa

DIA DA PADROEIRA

Ele morreu no dia de Nossa Senhora Aparecida – padroeira do Brasil, feriado, dia santo. Era costume daquela cidadezinha do interior e daquele povo da região, soltarem fogos de artifício em homenagem à Santa, ao meio-dia. Como soltariam fogos e comemorariam o dia da Santa se ele morrera? O caixão na sala pedia piedade de todos. O rosto...

EU NÃO VOU APAGAR A TOCHA

Eu, às vezes, fico imaginando como seria bom morar em outro país onde tudo fosse politicamente, socialmente correto. Onde as pessoas fossem mais patriotas e amassem seu país como parte de si mesmas. Às vezes, fico pensando: por que os brasileiros não são tão apaixonados pelo Brasil? Nosso povo está acostumado a criticar o país e aceitar a...

FELIZ

Sempre pensei em ti primeiro. Arrasei minha vida em vários momentos, Destruí diversas vezes as estacas da ponte Que me unia ao resto do mundo E sempre que quis fugir de ti Caia no vazio e me afogava No rio de lágrimas que chorei por ti.   Eu sempre quis ter-te ao meu lado Buscando iluminar minha existência E fechei todas as...

Trabalho científico – crônica

Eu fui abordado por uma aluna no final do curso, desesperada, preocupada, não sabendo o que fazer por que não tinha muita coisa para colocar no seu Curriculum Lattes e se formaria em seis meses. – Professor, eu preciso fazer um trabalho científico! – Que legal, respondi, qual o tema que você quer desenvolver? – Não sei...