POETA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

POETA

dia-do-poeta

Por que poesia?

Porque através dela, com poucas palavras, podemos expressar um sentimento imenso!

Porque através dela, podemos amar, odiar, jogar pra fora tudo o que nos incomoda e tudo o que nos impede de ser felizes!

O poeta é triste?

Na maioria das vezes o poeta é triste, é solitário, é um amante não correspondido que sofre por uma situação imensamente difícil outras vezes impossível.

Mas o poeta é um ser iluminado que através de suas palavras pode transmitir a sua dor para amenizar a dor dos outros, pode através de letras de música, acalentar sonhos, fazer-nos amar mais, ou menos.

Por tanta coisa que o poeta faz e nos leva juntos,

FELIZ DIA DO POETA!

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

4 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *