PRESENÇA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

PRESENÇA

Quem sabe um dia desses
Olhando pra mim perceba
Que eu era importante pra você?
Quem sabe um dia desses
Revendo fotos, objetos e sentindo minha presença
Veja que eu era importante pra você?

Mais você não percebe!
E às vezes tenho medo da saudade
Que ainda não senti…
E que nem você sentiu algum dia por mim.
Saudade do abraço, sorrisos, conversas e silêncio.

Com meu jeito meio estranho
De dizer ou simplesmente esconder,
No final das contas apesar do momento atual,
Eu fui feliz do meu jeito.
E isso é o que importa!
Ou não?

Sobre o autor Ver todas as postagens

admin

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *