RESENHA – O PRÍNCIPE GATO E A FLOR-CADÁVER – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

RESENHA – O PRÍNCIPE GATO E A FLOR-CADÁVER

AUTOR: BENTO DE LUCA

ISBN 13: 9788542800425

Ano: 2013; Páginas: 384

Idioma: Português

Editora: Novo Século

Site oficial: www.oprincipegato.com.br
Compre seu exemplar:
http://www.oprincipegato.com.br
http://www.saraiva.com.br/

https://www.amazon.com.br/

 

Resenha:

Depois de tantos percalços para conseguirem virar a ampulheta do tempo e dar mais chance à Marshmallow de continuar existindo, nossos heróis retornam ao país que está em vias de uma guerra. Empenhado em reparar os erros cometidos na cidade de São Paulo, o Príncipe Gato mergulhará em uma lenda: A flor-cadáver. Fatos estranhos começaram a acontecer no país e os marshmellianos preocupados, percebem que há uma guerra iminente entre os Feiticeiros e os Falcões-Peregrinos. Os Feiticeiros, senhores das trevas não se contentam com o êxito do príncipe Gato com a Ampulheta do Tempo. Existe um pacto entre as forças do bem e do mal para que mantenham a paz em Marshmallow, mas por questões atuais envolvendo magia e busca pelo poder esse pacto está preso por um fio tênue. Quando enfim, o pacto é quebrado inicia-se uma guerra de poder e destruição com várias mortes e perdas importantes para o país. Quem será o vitorioso nessa guerra? O que poderá fazer o Príncipe Gato e seus aliados? Os mashmellianos não são guerreiros, mas todas as raças deverão entrar na guerra pela paz em Marshmallow e no mundo em que vivemos.

Avaliação: O livro segue a mesma linha de evolução e prazer de ler do primeiro volume. Retornando à casa, o Príncipe Gato nos leva a conhecer o seu mundo e as pessoas que nele habitam. Novos personagens aparecem e integram a luta do guerreiro na defesa do país. Esses personagens são fantásticos e quem está lendo de cara os ama. São criaturas diferentes das que conhecemos no nosso mundo, ou simplesmente pela magia, podem falar, raciocinar e se apaixonar. O Príncipe luta com armas e dentes para restabelecer a paz. Ele carrega consigo um boneco de pano o que faz com que ele algumas vezes seja confundido com o próprio inimigo, os Feiticeiros. Interessante também essa ideia de transformação dos Feiticeiros, eles transformam os inimigos em bonecos de pano e aprisionam suas almas. Têm portanto, um exército de bonecos de pano. Kyra, uma felina guerreira, recebe a missão de matar o Príncipe e se aproxima dele e de seu bando com o intuito de eliminar o felino. A convivência com ele mostra a ela que ele é um guerreiro lutando pela paz mundial e ela passa a admira-lo. Admiração essa que há muito o Príncipe vem nutrindo pela felina. Ele está se apaixonando pela guerreira, mas a hora é de guerra e não de romance. O clima esquenta e Falcões-Peregrinos e Feiticeiros se batem em uma guerra sangrenta. Quem vencerá a guerra? O vencedor pode trazer paz ou destruição a Marshmallow. Cabe ao Príncipe Gato e seus amigos impedir essa destruição.

A leitura é ótima e prende a atenção o tempo todo. A cada página novas situações intrigantes aparecem e não se quer largar o livro. A ideia de um país diferente, com raças semelhantes ou muito diferentes e a ligação com o mundo que conhecemos através dos Buracos de Minhoca – por onde eles passam de um mundo para o outro – e a magia que está sempre presente, fazem do livro uma leitura prazerosa e aguça, sem dúvidas, nossa curiosidade.

Vale a pena ler e conhecer O PRINCIPE GATO E A FLOR-CADÁVER.

O Autor: Bento de Luca é o pseudônimo de Marcelo Siqueira, naturopata, nascido em São Paulo e de seu primo, Gustavo Costa de Almeida Siqueira, formado em Gestão Ambiental. Eles criaram diversos contos e estórias durante nove anos e, no ano de 2009, resolveram começar um novo projeto, a trilogia O PRÍNCIPE GATO, usando então, o pseudônimo Bento de Luca.

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *