DEMÔNIO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Tag - DEMÔNIO

O PACTO – IX CAPÍTULO

O cenário estava caótico. Fogo para todo lado destruía Juiz de Fora paralisada no tempo. Os carros da Avenida Rio Branco, com o calor insuportável explodiram e causavam mais incêndio. Até a Magnólia, árvore centenária que floresce o ano todo do lado direito da escada que leva o fiel da calçada para o velário pegou fogo e as flores...

O PACTO – OITAVO CAPÍTULO

Antes porém de conseguir passar pelo portal onde a besta o esperava, ele teria que romper laços que o prendiam a vida terrena. Dentro da igreja sua família rezava e pedia por ele. Ele sentia a atração da prece e a força da fé de seus filhos. Ele precisava neutralizar aquele laço de energia que não deixava que ele partisse. Dentro da...

ANJO E DEMÔNIO – QUEM PODE MAIS?

O PACTO – CAPÍTULO VII _ Estêvão – gritou Augusto saindo da Matriz e vendo que o patrão acompanhava o demônio. No momento em que eles passaram pela porta principal, o sino que anunciava meio-dia parou na sexta badalada. Havia se instalado uma lacuna de tempo onde só aqueles que estavam dentro da igreja não estavam...

ENCONTRO NA CATEDRAL

SEXTO CAPÍTULO – O PACTO A respiração de Estêvão estava ficando difícil. Sempre que ele dormia, a mulher percebia que ele respirava com menor frequência e a cada expiração o cheiro de enxofre aumentava no quarto. Ela começou a se sentir mal no quarto e resolveu ir tomar um copo de água e dormir no quarto dos filhos. Ao entrar no...

A MORTE DA COSTUREIRA

O PACTO – 5º CAPÍTULO A Polícia de Juiz de Fora estava confusa. Encontraram nos dois últimos meses cinco corpos de moradores de rua assassinados na madrugada. Todos tinham o coração arrancado do peito e eram achados em uma poça de sangue. Os lugares se alternavam: o primeiro corpo foi identificado entre os moradores da calçada do...

O MENDIGO

O PACTO – PARTE 4 Duas mortes em troca de saúde dos filhos e dinheiro – isso era exatamente o que estava acontecendo com Estêvão. Ele trocou a alma dos pais para ter dinheiro. O demônio que o ajudava, cobrava caro, mas não deixava passar. Primeiro o velho Jair que estava acamado e não era mais que um fardo que tinham que...

CONVERSA NO RESTAURANTE

O PACTO – TERCEIRO CAPÍTULO Cinco anos se passaram desde a morte do seu pai. Estêvão morava no imenso casarão do pai e com o dinheiro da venda da sua casa, investiu em um restaurante de comida chinesa e se tornou milionário. O perfil do empresário agora era de um homem muito rico e com muitas possibilidades de se tornar ainda mais...