UMA LEI – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

UMA LEI

Queria decretar uma lei

Onde as pessoas se amassem

Independente de raça,

Sexo,

Idade,

Religião…

 

Queria decretar uma lei

Onde as pessoas se respeitassem

Independente de credo,

De opinião,

De época,

De vida…

 

Queria decretar uma lei

Onde aa pessoas se abraçassem

Nas ruas

Nos bares

Nos lares…

 

Queria decretar uma lei

Onde os homens fossem mais

Humanos,

Racionais,

Românticos…

 

Queria decretar uma lei

Onde a paz reinasse

Nas casas,

Nas famílias

Nas ruas…

 

Queria decretar uma lei

Onde todos fossem felizes

Onde todos se amassem

Onde todos se vissem

Como irmãos e amigos

Onde tudo fosse amor!

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *