VIAGEM – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

VIAGEM

Eu sabia que estava indo por um caminho mais longo que o normal, também sabia que não conhecia aquele lugar e aquelas flores e cores que me envolviam e começavam a fazer parte do meu corpo. Tudo era sensação e prazer. Não podia sequer parar os meus passos e ir mais devagar. Pareceu-me, certa hora, que eu voava numa insustentável massa etérea e infinitamente pouco densa. Cada poro meu respirava livremente e eu sentia que o ar e a eletricidade locais me trespassavam, cada molécula e cada particularidade do meu corpo. Não havia som, e se houvesse seria algo que beirava a divindade, o ser supremo. Passavam-se, então, todos o lilases, amarelos, verdes, violetas, azuis, roxos que jamais conseguira sentir. Eu ouvia cada cor como se me falassem de si mesmas, como se me orientassem naquela fuga do imaginável. Meus olhos ardiam diante de tanta luz e tanto brilho e eu vagava, sentia no corpo, de vez em quando, como se me fossem peixes em um lago no qual estivesse mergulhado, corpos que me esbarravam e outras vezes se misturavam com o meu, dada a tenuidade das nossas matérias. O azul mais lindo me surgiu e logo depois encontrei amigos que me ajudaram a diminuir a minha disparada naquela paleta de cores que eu não entendia muito bem ainda. Viajamos algum tempo juntos e eu podia ver no fundo uma luz imensa que quase me cegava. Tentei ocultar os olhos com as mãos que nada mais ocultavam e me deixei levar no turbilhonamento estonteante daquele labirinto de cores e me sentia, cada vez mais, fazendo parte do todo e perdendo cada particularidade individual para virar a grande massa branca total. E o desespero tomou conta do disperso corpo sem corpo e o espírito, talvez, gritando mais alto, fez reunir toda a energia, toda a luz, concentrá-la, moldá-la e eu acordei!

 

Maloca querida, 1998:15-6.

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *