VINHO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

VINHO

 

Vinho (do grego antigo οἶνος, transl. oínos, através do latim vīnum, que tanto podem significar “vinho” como “videira”) é, genericamente, uma bebida alcoólica produzida por fermentação do sumo de uva. A fermentação das uvas é feita por vários tipos de leveduras que consomem os açúcares presentes nas uvas transformando-os em álcool. Dependendo do tipo de vinho, podem ser utilizadas grandes variedades de uvas e de leveduras.

O vinho possui uma longa história que remonta pelo menos a aproximadamente 6000 a. C., pensando-se que tenha tido origem nos atuais territórios da Geórgia, Turquia ou Irã. O deus grego Dioniso e o deus romano Baco representavam o vinho, e ainda hoje o vinho tem um papel central em cerimônias religiosas cristãs e judaicas como a Eucaristia e o Kidush. (Vinho)

vinhoI

O vinho é a melhor bebida alcoólica que existe. Eu sempre digo que a gente não bebe um vinho, mas tem o prazer de degustar o “néctar dos deuses”. Prefiro vinhos tintos, embora há vinhos brancos e rosés muito bons. Acredito que o gosto do vinho mais a combinação do alimento propiciem o prazer certo dependendo do paladar de cada um. Há combinações clássicas como vinho e queijos e há as mais esdrúxulas possíveis dependendo do bebedor de vinhos. Há cursos de vinhos (para aprender a beber vinhos e aprecia-los), há enólogos, há mil e uma propaganda, empresas, vinículas.

vinho-e-uvas-wallpaper

Meu prazer em beber um vinho está no momento – estou em casa, sozinho vendo um programa de TV, um show, ou com amigos, muitos ou poucos, comendo combinações ótimas. Gosto de vinho tinto seco. Tenho preferências? Claro. Meu preferido é o Corvo di Salaparutta, um tinto seco maravilhoso. Mas já fiz excursões por diversas uvas e texturas. Me perguntaram uma vez sobre vinhos suaves (doces) e o que se pode dizer: depende do gosto e do prazer de cada um!

vinho corvo

Importante:

– Um vinho é sempre uma companhia perfeita!

– Um vinho nunca deve ser deixado sozinho na mesa!

– Um vinho precisa estar protegido de alterações de temperatura, luz, movimentos bruscos!

– Um vinho é companhia para quando se está triste, quando se está alegre, quando se está só, quando se está acompanhado, quando está frio, quando está calor.

– Um vinho, desde a antiguidade é a melhor bebida

vinho tbr

Por isso e muito mais: Brindiamo, Brindiamo nei lieti calici (La Traviata, Giuseppe Verdi, 1853)

 

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor.

4 comentáriosDeixe um comentário

  • Simplesmente fantástico esse post. Fiz alguns arranjos meu amigo Artur Laizo (com sua permissão). rsrsrs

    Um vinho é sempre uma companhia perfeita!… Desde que perfeita seja a companhia.
    Um vinho nunca deve ser deixado sozinho na mesa!… Ele não tem asas mais voa se ficar sozinho.
    Um vinho precisa estar protegido de alterações de temperatura, luz, movimentos bruscos!… Opa! Ele pode estragar, perder, fugir.
    Um vinho é companhia para quando se está triste, quando se está alegre, quando se está só, quando se está acompanhado, quando está frio, quando está calor. … Ah! companhia pra toda hora. Ora!
    Um vinho, desde a antiguidade é a melhor bebida. … Para ser apreciada com a companhia perfeita… O AMOR.

    Por isso e muito mais: Brindiamo, Brindiamo nei lieti calici (La Traviata, Giuseppe Verdi, 1853)… Brindemos, brindemos o AMOR e todo o seu esplendor.

    Um bom vinho e uma dose exagerada de amor nos transporta a regiões inimagináveis de prazer e satisfação. E viva o vinho Artur Laizo com muito amor. Parabéns.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *