DEMÔNIO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

Tag - DEMÔNIO

O MISTÉRIO DA CASA MARROM – CAPÍTULO 5

V Mateus queria gritar, mas preso pela magia do demônio não conseguia emitir um som. Queria se mover, mas estava paralisado da cintura para baixo onde suas pernas já estavam embrulhadas naquela calça azul cheia de fios de energia que roubavam a sua própria energia. Ele estava apavorado. Suas mãos também estavam contidas por algemas de...

O MISTÉRIO DA CASA MARROM – CAPÍTULO 4

Ele estava andando pela rua próxima de sua casa, ele viu a sua casa e correu para entrar antes que aquela tempestade que se aproximava caísse. O céu estava preto com muitas nuvens pesadas de chuva e raios e trovões tornavam aquele momento muito mais assustador. Mateus jamais vira em sua vida uma situação como aquela. Ele tinha dezessete...

O MISTÉRIO DA CASA MARROM – CAPÍTULO 3

Quando acordou, Mateus se assustou: estava deitado em uma cama dura, estava vestido só de cuecas e amarrado no catre. Estava escuro, ele não sabia se era noite ou se aquela escuridão fosse apenas pela falta de janelas. Ele tentou sentir algum cheiro e o que sentiu era muito desagradável, tentou ouvir algum som e ouviu alguém que costurava em...

O MISTÉRIO DA CASA MARROM – CAPÍTULO 2

II Mateus estava com fome e sede intensas pela longa caminhada durante todo o dia. Ele entrou na casa marrom, que se encontrava toda às escuras. O cheiro de uma comida saborosa chamou sua atenção e ele foi conduzido ao que parecia ser a cozinha. Ele não reparou por onde andava, mas o corredor que o levou à mesa era muito grande. A casa por...

O PACTO – 13º CAPÍTULO

Eles caíram e Augusto percebeu que estavam dentro da redoma de energia que protegia a igreja. Ele estava ferido. Tinha muitas queimaduras no corpo, as asas estavam quebradas e sentia dor imensa. Estava, no entanto, feliz. Ele conseguiu tirar o patrão do inferno. Estêvão aceitou a sua insistência e resolveu sair de lá, quebrar o pacto. Quando...

O PACTO – CAPÍTULO XII

Dentro da igreja, Selma começava novamente a se inquietar. Há quanto tempo estavam ali? Ela não sabia. Ninguém mais usava relógio de pulso e os celulares estavam todos paralisados. O relógio que tinha na parede ao lado do altar estava parado ao meio-dia. Será que todos estavam ficando loucos? O que será que estava acontecendo lá fora...

O PACTO – XI CAPÍTULO

_ Eu vou atrás dele – gritou Augusto. _ Não vá – intercedeu o Arcanjo. – Você não pode ir ao inferno. _ Mas eu preciso tirá-lo de lá – retrucou o anjo que estava desesperado pela decisão de Estêvão. – Eu não vou perdê-lo. O arcanjo vendo quão decidido estava o gerente do restaurante que voava sem uma...

O PACTO – DÉCIMO CAPÍTULO

O tempo.parado não dava para quantificar a espera. Anjo Augusto e Arcanjo rodavam ao redor da igreja, mas não podiam se afastar demais porque o entorno eram chamas destruidoras e quentíssimas. Tinham que proteger Catedral junto com as preces e energia que vinham de interior. Se vacilassem, mesmo em território sagrado o fogo destruiria tudo. De...

O PACTO – IX CAPÍTULO

O cenário estava caótico. Fogo para todo lado destruía Juiz de Fora paralisada no tempo. Os carros da Avenida Rio Branco, com o calor insuportável explodiram e causavam mais incêndio. Até a Magnólia, árvore centenária que floresce o ano todo do lado direito da escada que leva o fiel da calçada para o velário pegou fogo e as flores...

O PACTO – OITAVO CAPÍTULO

Antes porém de conseguir passar pelo portal onde a besta o esperava, ele teria que romper laços que o prendiam a vida terrena. Dentro da igreja sua família rezava e pedia por ele. Ele sentia a atração da prece e a força da fé de seus filhos. Ele precisava neutralizar aquele laço de energia que não deixava que ele partisse. Dentro da...