O CASO SAINT-FIACRE – GEORGES SIMENON – RESENHA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

O CASO SAINT-FIACRE – GEORGES SIMENON – RESENHA

Título original: L’affaire saint-fiarce
Tradução: Raul de Sá Barbosa
Páginas: 166
Formato: 10.00 X 15.00 cm
Acabamento: Livro brochura
Lançamento: 1932 / 2004
ISBN: 85-209-1625-2
Selo: Nova Fronteira – L&PM POCKET

Apresentação:

O caso Saint-Fiacre é o décimo terceiro livro protagonizado por Jules Maigret, em que, finalmente, conhecemos seu passado. Ele é filho do administrador de um castelo ao sul de Paris, para onde volta pela primeira vez desde o enterro do pai. O motivo? Um bilhete anônimo: um crime seria cometido no local durante a missa de finados. Antes do fim do sermão, a condessa de Saint-Fiacre morre subitamente. Sua família está falindo. O filho é um aproveitador. O secretário, seu amante e possível herdeiro. Os atuais administradores do castelo, oportunistas em potencial. O padre, um omisso. Mais que investigar os suspeitos, o maior desafio de Maigret é enfrentar as lembranças que Saint-Fiacre lhe desperta. “A habilidade de Simenon é suprema. Algumas passagens de sua obra são sublimes, tão boas quanto o que encontramos em Proust ou mesmo Flaubert.” – John Banville

Resenha:
É um livro fino e fácil de ler. O autor nos transporta para uma cidade ao sul de Paris e somos envolvidos pela paisagem e pelos costumes da época. Um crime sem condições de ser julgado pela justiça, um crime que precisa ser desvendado e é muito interessante a solução que o autor nos dá. Os personagens são bastante bem descritos e completam a paisagem da época. Os costumes e roupas que o autor descreve ajudam a completar o quadro de suspense que só é desvendado no final do livro. Vale a pena ler as obras do Georges Simenon e seu Comisário Maigret.

O Autor:

Georges Simenon (Liège, 13 de fevereiro de 1903 — Lausanne, 4 de setembro de 1989) foi um escritor belga de língua francesa.
Foi um romancista de uma fecundidade extraordinária: escreveu 192 romances, 158 novelas, além de obras autobiográficas e numerosos artigos e reportagens sob seu nome e mais 176 romances, dezenas de novelas, contos e artigos sob 27 pseudônimos diferentes.
As tiragens acumuladas de seus livros atingem mais de 500 milhões de exemplares. É o autor belga, e o quarto autor de língua francesa mais traduzido em todo o mundo.
Seu personagem mais famoso é o Comissário Maigret, personagem de 75 novelas e 28 contos.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_Simenon
https://www.lpm.com.br/site/default.asp?Template=../livros/layout_produto.asp&CategoriaID=617170&ID=539048

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *