O CORPO – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

O CORPO

O CORPO

O corpo é a força!
Do corpo vem a energia,
No corpo está o princípio…
Através do corpo,
Podemos nos expressar,
Dividir os afetos e carinhos,
Juntar as secreções,
Compactuar os mesmos ideais.
O corpo fala!
O corpo atrai!
O corpo deseja … e é desejado.
O corpo não se cala
Mesmo quando sufocada,
A boca não deixa sair
A palavra.
O corpo se contrai,
Relaxa,
Estica e se encolhe.
O corpo é o instrumento
Que o ser utiliza
Para se envolver
Com outros corpos,
Para se dissolver
Em suores e salivas
E se recompor
No gozo final do sexo.
Somente o corpo é capaz
De ter esse prazer,
De dar esse prazer,
De ser somente prazer.
O corpo é o estopim
Do desejo carnal
Que nos mantém vivos.

               

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

2 comentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *