VIDA PASSA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

VIDA PASSA

*VIDA PASSA*
Artur Laizo

Vida passa muito rápido e eu,
Eu não sei o que fazer, nem que pensar,
Estou fraco e meu desejo fendeu,
O meu sonho, no
caminho, apesar.

Onde está? Onde estará, sonho meu?
Onde está essa alegria sem par?
Nos meu dias tao compridos, morreu
No meu peito toda espera a passar…

Vida passa tão depressa, fugaz,
Eu sem vida, sem sonho, sem paz,
Não encontro outra ternura, paixão…

Passo os dias sem sossego, perdendo
Lucidez, e no caminho, esquecendo
Quem me fez da vida eterna prisão.

               

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete, Sociedade Brasileira de Poetas Aldravistas e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *