CRÍTICA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

CRÍTICA

Eu estava dando uma palestra no Colégio Machado Sobrinho em Juiz de Fora, insistindo para que aqueles alunos que escrevem, mostrar o que fazem aos colegas ou mesmo aos professores.
Uma aluna me perguntou:
_ Mas você não tem medo de críticas?
Medo de criticas! O que é isso? Quando se fará alguma coisa no mundo isenta de críticas?
Eu lhe respondi que desde que comecei a escrever, eu sempre mostrei o que havia feito para alguém e sempre soube lidar com críticas
Claro que nem sempre isso é facil, mas é melhor do que você estar em um grupo de amigos, escrever uma coisa horrivel e mal feita e as pessoas elogiarem porque são amigos. Falsos amigos! Amigos de verdade vão dizer que o que você fez é uma desgraça.
A crítica existe e tem que ser encarada de peito aberto. Ela tem que servir para que aprendamos com ela, para que façamos algo melhor. Ou então, serve para desconsiderarmos aquele crítico e acreditar naquilo que fazemos. Nem sempre quem critica tem razão.
Quando se faz arte, fazemos para nosso inteiro prazer e para levar alguma mensagem de alegria, de tristeza, de esperança ou de medo a quem vai vê-la. Os diversos gêneros da literatura levam uma mensagem e o escritor quer levar o que escreve ao seu leitor, mas quer saber o que o leitor pensa e absorveu de seus escritos.
A crítica deve ser encarada com grande aceitação, sem soberba e o elogio… Ah, o elogio é muito bom! É muito gostoso você ver pessoas que falam dos seus livros e dos seus personagens.
Eu estou aberto a críticas, mas gosto de conversar com quem as faz. Gosto de discutir pontos de vista e aprender sempre.

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete, Sociedade Brasileira de Poetas Aldravistas e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *