E A VIAGEM CONTINUA – Pão de Canela e Prosa
Pão de Canela e Prosa

E A VIAGEM CONTINUA

E a viagem continua, agora no caminho de volta.
Depois que eu gastei quase duas horas da Rodoviária Novo Rio até a Barra da Tijuca, exatamente no hotel que eu fiquei, resolvi sair mais cedo da Bienal e vir para a Rodoviária: Meu ônibus marcado para as 17:00. O motorista do taxi, muito gentil e com boa conversa, fez o percurso em meia hora.
A espera seria longa se eu não tivesse tido a ideia, depois de comer um joelho, de tentar trocar a passagem. Claro que eu consegui trocar para às 14:45. Duas horas e quinze a menos fariam toda a diferença.
Saí do guichê correndo rampa abaixo e cheguei na plataforma de saída dos ônibus. Arrumaram até um mostrador eletrônico indicando em qual plataforma o seu ônibus pararia. Ótimo. O meu não estava indicado. Indicava-se horários posteriores, mas o bendito 14:45, ninguém sabia dele.
O veículo aportou às 15:15 e somente saiu da Rodoviária às 15:35.
Percebi que estávamos saindo quando ouvi o famoso: “Olhaagua, olhaagua, olhaaguaolhaaguaolhaagua” e ainda “Ô água”, apelo dos vendedores de água da Rodoviária.
O ar condicionado geladinho, eu desliguei o celular e me preparei para dormir. Várias pessoas preocupadas com outros ônibus que deveriam pegar em Juiz de Fora, enfim. De repente, dei uma olhada para fora, percebi que estávamos na garagem da empresa. Qual o motivo não sei, mas tivemos que trocar de ônibus. E saímos então a passear pela ruas do Rio de Janeiro até perto da Rodoviária para ele conseguir pegar o caminho certo.
Não sei que horas vou chegar em Juiz de Fora, mas agora é torcer para não ter outro problema na estrada.
Boa viagem para todos nós!

            

Sobre o autor Ver todas as postagens

Artur Laizo Escritor

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete – MG, vive em Juiz de Fora há quatro décadas, onde também é médico cirurgião e professor. É membro da Academia Juiz-forana de Letras e da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafaiete, Sociedade Brasileira de Poetas Aldravistas e presidente da Liga de Escritores, Ilustradores e Autores de Juiz de Fora - LEIAJF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *